Fábrica em Montes Claros (MG) é a primeira unidade da Nestlé no mundo a ter impacto ambiental neutro em três dimensões

Unidade de produção de cápsulas NESCAFÉ Dolce Gusto® recebe certificação que reforça o compromisso da empresa com o respeito ao meio ambiente.

To Press Releases listfev 23, 2017


A fábrica de cápsulas NESCAFÉ® Dolce Gusto®, instalada em Montes Claros (MG), é a primeira unidade fabril da Nestlé no mundo a receber a certificação de Impacto Ambiental Neutro em três dimensões: água, resíduos e emissão de carbono. O certificado foi emitido pela Intertek Group, empresa especializada em inspeções e certificações, após processo de auditoria realizado na unidade. Inaugurada em dezembro de 2015, com investimento inicial de R$ 220 milhões a fábrica utiliza as mais modernas tecnologias para garantir o uso sustentável de recursos, em todas as etapas de fabricação.

A certificação atesta que a unidade fabril de Montes Claros não utiliza água potável oriunda da natureza em seus processos produtivos. Para alcançar este resultado, a Nestlé implementou iniciativas inovadoras, como a reutilização da água extraída do processo de fabricação de leite condensado em sua fábrica vizinha de Leite Moça®, para suprir 100% da água utilizada no processo de produção das cápsulas. Em um ano, mais de 66 mil m³ de água potável deixaram de ser retirados da natureza.

A fábrica também foi certificada por destinar 100% dos resíduos a processos terceirizados de reciclagem, reaproveitamento e compostagem, sem qualquer resíduo enviado a aterros. Ao longo da produção, 65% de todo lixo gerado é reciclado; 30% passa pelo co-processamento, gerando combustível para outros processos; e 5% dos resíduos provenientes da limpeza do café, a exemplo da borra, seguem para compostagem. Globalmente, a empresa busca alcançar “zero resíduo para disposição” em todas as suas fábricas até 2020.

A auditoria realizada pela Intertek Group atestou ainda que a unidade de Montes Claros neutraliza 100% das suas emissões de gás de efeito estufa por meio de compensações. Para isso, a Nestlé neutralizou cerca de 280 toneladas de CO² equivalente, resultantes do processo produtivo ao longo de um ano, por meio da compra de crédito de carbono em parceria com a WayCarbon e apoio ao projeto Amigo do Clima, que busca transparência e rastreabilidade de ações que contribuem para a mitigação das mudanças climáticas e do aquecimento global. Adicionalmente, a Nestlé mantém uma floresta na cidade de Mirabela, em Minas Gerais, com árvores que representam um estoque de carbono de cerca de 290.000 toneladas de CO2 equivalente.

As iniciativas desenvolvidas em Montes Claros fazem parte do compromisso da Nestlé com o respeito ao meio ambiente, pilar fundamental dentro de sua estratégia de Criação de Valor Compartilhado, que se baseia na premissa de que tão importante quanto gerar valor aos acionistas da companhia é gerar valor para as comunidades em que a empresa está inserida.



 
Sobre a Nestlé – É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações em 194 países e fábricas em 86 países. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé no Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, produtos à base de soja, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 30 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 21 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.