Nestlé desenvolve nova estrutura que dissolve o açúcar em menor quantidade

Processo é feito usando apenas ingredientes naturais

To Press Releases listdez 1, 2016

Uma boa notícia para os apreciadores de chocolate. Os pesquisadores da Nestlé encontraram uma maneira de estruturar o açúcar de forma diferente, na qual é possível utilizar menos quantidades do ingrediente e mesmo assim manter o sabor intacto. Tudo isso utilizando apenas ingredientes naturais.

O novo açúcar de dissolução mais rápida permitirá à Nestlé reduzir significativamente o ingrediente total nos seus produtos de confeitaria, mantendo a qualidade e o sabor característicos da marca.

"Com esta inovação, a empresa estima reduzir o açúcar total em até 40% de seu portfolio de produtos, resultando numa maneira completamente nova de usar um ingrediente tradicional e natural", declara Stefan Catsicas, Vice-Presidente Executivo de Tecnologia, Pesquisa & Desenvolvimento da Nestlé.

A Nestlé está patenteando suas descobertas e começará a usar o novo açúcar em uma variedade de produtos de confeitaria a partir de 2018.

A pesquisa reafirma e acelera os esforços da Companhia para atender seu compromisso público contínuo de reduzir o açúcar em seus produtos e sua estratégia de Criação de Valor Compartilhado. Esta é uma das inúmeras iniciativas da Nestlé para adequar o seu portfolio nutricional, reduzindo a quantidade de açúcar, sal e gordura saturada e aumentando a quantidade de vitaminas, minerais e grãos inteiros.

Juntamente com mais de 200 parceiros de pesquisa externos, cientistas de alimentos, especialistas em fortificação de micronutrientes, engenheiros, geneticistas, físicos e matemáticos são combinadas diferentes experiências, a fim de identificar problemas relacionados à saúde e, assim, buscar soluções significativas para a sociedade.

Em 2015 a empresa investiu US$ 1.7 bilhão globalmente em Pesquisa & Desenvolvimento, em especial para os negócios de alimentos e bebidas, arquivando um total de 292 patentes. A empresa mantém uma das mais avançadas redes, integrada pelo Nestlé Research Center, na Suíça, e outros 40 centros de pesquisa ao redor do mundo. Ao todo, são cerca de 5 mil pessoas envolvidas diretamente em um trabalho que busca compreender as necessidades nutricionais desde a infância até a vida adulta.

Adequação de portfolio e redução de açúcar

Globalmente, a Nestlé em 2015 reduziu a quantidade de açúcar em 18 mil toneladas. No Brasil, a meta de 2016 de reduzir açúcares no portfólio brasileiro foi alcançada em 2014, com uma redução total de 23%.

Sobre a Nestlé É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações em 194 países e fábricas em 86 países. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé no Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, produtos à base de soja, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 21 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.