Nestlé lança no Brasil programa para orientação e capacitação profissional dos jovens

Programa “Nestlé Nutrindo os Sonhos dos Jovens” aprimorará qualificação oferecida a jovens aprendizes e orientará estudantes para o ingresso no mercado de trabalho

São Paulo, setembro de 2015 - Com o objetivo de contribuir para a entrada dos jovens no mercado formal de trabalho, assim como o seu desenvolvimento profissional, a Nestlé anuncia no Brasil o lançamento do programa Nestlé Nutrindo os Sonhos dos Jovens. A iniciativa é parte de uma estratégia global, criada para apoiar as novas gerações na transição da fase de estudos para o primeiro emprego, de acordo com as necessidades em cada país.

No Brasil, onde as carências de qualificação e experiência profissional são uma barreira para o preenchimento de vagas em diversas áreas, é essencial desenvolver conhecimentos e habilidades técnicas voltadas às principais atividades. Assim, por meio de parcerias com instituições de ensino, o novo programa vai aprimorar a capacitação oferecida a participantes do programa Jovem Aprendiz, do Ministério do Trabalho, com idades entre 14 e 24 anos, e oferecerá conteúdo e orientação por meio de canais especializados.

De acordo com Juan Carlos Marroquín, presidente da Nestlé Brasil, o Nestlé Nutrindo os Sonhos dos Jovens utiliza a experiência da empresa na formação e no desenvolvimento de profissionais em favor do equilíbrio entre as necessidades do mercado e dos trabalhadores. “Há uma grande demanda por profissionais capacitados e o caminho dos jovens até o primeiro emprego passa por vários aspectos, que vão desde o conhecimento e prática técnica até o relacionamento. Nosso objetivo é melhorar as ferramentas de capacitação para que possam aproveitar as oportunidades existentes”, explica.

Parcerias para a capacitação de jovens – Com foco nas diferentes necessidades da indústria, a Nestlé está reforçando sua parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) para a ampliação e revisão da grade de conteúdo direcionada aos jovens aprendizes. O conteúdo se torna mais abrangente e amplia as possibilidades para os jovens. Entre as atividades incluídas na programação estão o contato periódico com gestores e a orientação para o desenvolvimento de carreiras. A troca de experiências também será levada a Universidades, com palestras de profissionais de diversas áreas da empresa.

Inicialmente, uma fase piloto – que vai até o fim de 2015 – envolverá seis cidades nas quais a companhia possui unidades fabris: Feira de Santana e Itabuna (BA); e Araçatuba, Caçapava, Marília e São José Rio Pardo (SP).

Com o reforço na capacitação dos aprendizes de todas as indústrias desses municípios, a meta é elevar a empregabilidade a 30%, até 2017, e evoluir esse percentual ao longo dos anos. Hoje, cerca de 11% desses jovens são contratados pelas empresas. A partir do próximo ano, a parceria deverá estender o programa progressivamente para as cidades em que estão localizadas as 30 fábricas da Nestlé e levar benefícios a outros setores da indústria.

O programa Nestlé Nutrindo o Sonho dos Jovens tem metas estabelecidas ainda em relação à contratação de jovens, criação de novas vagas e estímulo a empresas parceiras para a adesão ao programa e multiplicação das atividades:

Contratação de 7 mil pessoas com idades abaixo de 30 anos até 2017;

Alcance de mais de 3 mil jovens aprendizes com as melhorias nos programas de capacitação;

2,8 mil novas vagas dentro da companhia dentro dos programas Jovem Aprendiz, estágio e trainee.

Iniciativaglobal – O Nutrindo os Sonhos dos Jovens é parte do Nestlé Global Youth Initiative, que nasceu com o sucesso do Nestlé Needs Youth, desenvolvido em 2013 para contribuir com o combate ao desemprego entre os jovens na Europa. Na época, cerca de 11 mil jovens encontraram emprego e oportunidades de treinamento dentro do programa. A partir daí, outros países vêm recebendo a iniciativa, em formatos específicos para cada realidade.

Sobre a Nestlé – É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações em 194 países e fábricas em 86 países. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé no Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, produtos à base de soja, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 30 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 21 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.