Vendas trimestrais da Nestlé: 3,9% de crescimento orgânico, 3,0% de crescimento real, perspectiva anual confirmada

To Press Releases listabr 14, 2016

• Vendas de CHF 20,9 bilhões, impacto de câmbio de -2,8%
• 3,9% de crescimento orgânico, 3,0% de crescimento real, 0,9% de política de preços
• Crescimento orgânico de 2,5% nos mercados desenvolvidos, 5,6% nos mercados emergentes
• Perspectiva anual confirmada: crescimento orgânico alinhado com 2015, com melhoria nas margens e ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante, e eficiência de capital.

Paul Bulcke, CEO da Nestlé: “Como antecipado, o primeiro trimestre deu continuidade ao ímpeto positivo de crescimento real, com uma política de preços menos agressiva. Ganhamos participação de mercado na maior parte de nossas categorias e negócios. Os desempenhos mais fortes foram na Europa, Sudeste Asiático e na África, bem como do Nescafé, Nespresso e petcare. Nosso negócio de alimentos congelados nos Estados Unidos está progredindo bem. As tendências observadas nos últimos trimestres demonstram a relevância de nossos investimentos e nos permitem confirmar a perspectiva anual”.

Revisão dos Negócios

Vendas de CHF 20,9 bilhões, com impacto de câmbio de -2,8%. O resultado líquido das aquisições e desinvestimentos reduziu o crescimento das vendas em 1%.

• O crescimento orgânico foi de 3,9%, composto por 3,0% de crescimento real e 0.9% de política de preços. Teve base ampla em todas as geografias e categorias.
- 5,5% na Zona Américas (AMS)
- 3,0% na Zona Europa, Oriente Médio e Norte da África (EMENA)
- 2,3% na Zona Ásia, Oceania e África Subsaariana (AOA)

• O crescimento real continuou com seu ímpeto positivo
- 3,5% na AMS
- 3,0% na EMENA
- 2,4% na AOA

• Os mercados desenvolvidos continuaram com um crescimento orgânico forte de 2,5% (crescimento real de 2,9%) e os mercados emergentes com 5,6% (crescimento real de 3,2%).

• A política de preços foi menos agressiva, como antecipado, como resultado da deflação nos mercados desenvolvidos e do preço das commodities mais baixo.

Zona AMS

Vendas de CHF 5,8 bilhões, 5,0% de crescimento orgânico, 2,7% de crescimento real

• O ano começou com uma aceleração do crescimento real na América do Norte, resiliência na volátil América Latina, e ganhos de participação de mercado em toda a Zona.

• O negócio de alimentos congelados entregou um crescimento sólido na América do Norte. Inovação e uma nova campanha de comunicação de sucesso direcionaram as vendas de Lean Cuisine e Stouffer’s. Sorvetes e Coffee-mate tiveram desempenhos sólidos. Petcare contribuiu positivamente com Purina One e Pro Plan.

• A América Latina apresentou um cenário misto. Houve crescimento amplo de dois dígitos no México, e fortes contribuições do Chile, Colômbia e Região Platina. Tanto Nescafé Dolce Gusto como petcare continuaram com seu forte ímpeto de crescimento. O Brasil foi resiliente em vista da piora da situação macroeconômica.

Zona EMENA

Vendas de CHF 4,0 bilhões, 3,2% de crescimento orgânico, 3,1% de crescimento real

• O bom ímpeto do crescimento real direcionou os ganhos de participação de mercado em toda a Zona. A maior parte das categorias teve bom crescimento generalizado, e a política de preços ficou estável.

• A Europa Ocidental entregou um crescimento sólido em um ambiente deflacionário, liderado pela Alemanha, Grã-Bretanha, Espanha e Itália. Nescafé, petcare, pizza congelada e sorvetes foram bem.

• Na Europa Central e Oriental, a Rússia entregou um crescimento real e orgânico de dois dígitos. Nescafé, chocolates e petcare foram os que mais contribuíram na região.

• A instabilidade em grande parte do Oriente Médio e África do Norte continuou a afetar o nosso negócio, apesar da Turquia ter apresentado um crescimento de dois dígitos, com bom desempenho do Nescafé.

Zona AOA

Vendas de CHF 3,6 bilhões, 2,1% de crescimento orgânico, 1,7% de crescimento real

• Muitos dos negócios da Zona tiveram um bom ímpeto de crescimento sustentável. A Índia está se recuperando mais rápido do que o antecipado, apesar de ainda ter pesado no desempenho geral da Zona, assim como Yinlu.

• Na China houve boas contribuições do Nescafé solúvel e cafés prontos para beber, confeitos e culinária. As vendas de leite de amendoim e congee pela Yinlu continuaram a ser um desafio.

• Na Índia, o macarrão instantâneo Maggi recuperou participação de mercado, mas os resultados do negócio ainda foram afetados por comparações desfavoráveis.

• O Sudeste Asiático entregou um alto crescimento de um dígito e a maioria dos mercados teve bom desempenho liderado pelo forte desempenho de Milo, com destaque para o Vietnã e a Indonésia.

• A África Subsaariana entregou um crescimento de dois dígitos, liderado pela África Ocidental e África Equatorial.

• O Japão e a Oceania tiveram um início sólido este ano, com o forte desempenho do Nescafé no Japão.

Nestlé Waters

Vendas de CHF 1,8 bilhões, 5,3% de crescimento orgânico, 5,8% de crescimento real

• A Nestlé Waters entregou um crescimento sólido em todas as geografias, sendo de dois dígitos nos mercados emergentes.

• As marcas internacionais premium Perrier e S.Pellegrino apresentaram um crescimento acelerado de dois dígitos. Nestlé Pure Life cresceu dois dígitos nos mercados emergentes. As marcas locais também contribuíram, especialmente Ozarka nos Estados Unidos, Buxton no Reino Unido, Sta. María no México e La Vie no Vietnã.

Nestlé Nutrition

Vendas de CHF 2,6 bilhões, 2,6% de crescimento orgânico, 2,2% de crescimento real

• A política de preços menos agressiva foi o resultado dos custos mais baixos dos insumos lácteos.

• Os mercados emergentes continuaram a ser a principal fonte de crescimento. Wyeth Infant Nutrition teve uma contribuição fundamental, liderada principalmente por sua marca premium Iluma. A África Subsaarina, Indonésia e México também apresentaram um bom crescimento. Na América do Norte, a extinção de alguns contratos regionais do Programa WIC nos Estados Unidos e a transição para novos formatos de produto no segmento de alimentos infantis desacelerou o crescimento. Refeições e bebidas tiveram um desempenho sólido, sustentado pela América Latina e a França.

Outros Negócios

Vendas de CHF 3,2 bilhões, 5,2% de crescimento orgânico, 4,5% de crescimento real

• A Nestlé Professional cresceu tanto nos mercados emergentes como nos desenvolvidos, apesar da Europa ter sido um desafio. A América do Norte e a maior parte da América Latina tiveram um bom começo de ano. Os direcionadores estratégicos de crescimento, bebidas e soluções culinárias, continuaram a apresentar um bom desempenho.

Nespresso manteve seu sólido crescimento positivo em todas as regiões, e continuou a construir sua forte posição na Europa. O sucesso do sistema VertuoLine, a inovação contínua, e uma nova campanha na América do Norte para ajudar a desenvolver a percepção de marca estão sustentando o crescimento. A companhia continuou sua expansão geográfica, abrindo inúmeras butiques novas e lançando edições limitadas de seus cafés Grand Cru.

• O desempenho da Nestlé Health Science foi liderado pelo crescimento de dois dígitos de Produtos para o Cuidado do Consumidor, especialmente nos Estados Unidos, com Boost e Carnation Breakfast Essentials. Medical Nutrition cresceu na maior parte das geografias. Em Novel Therapeutic Nutrition, parcerias estratégicas no campo da terapia de microbiomas (Seres Therapeutics) e tecnologia proteica (Pronutria Biosciences) foram concluídas.

• O crescimento da Nestlé Skin Health foi liderado pela inovação e contínua expansão geográfica. Os lançamentos de Soolantra, um tratamento para rosácea e Epiduo Forte para acne sustentaram o forte desempenho do negócio de medicamentos sob prescrição médica. Os produtos de venda livre, com a linha Cetaphil, também entregaram um crescimento muito bom. Foi anunciada a aquisição da marca líder de produtos para acne Proactiv.

Perspectiva

Confirmamos nossa perspectiva anual: crescimento orgânico alinhado com 2015, com melhoria nas margens e ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante, e eficiência de capital.

Sobre a Nestlé – É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações em 194 países e fábricas em 86 países. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé no Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 21 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.