Back to all stories
2 minutes read

Um dos focos da Nestlé tem sido produzir fábricas autossustentáveis em água, onde os processos produtivos capturam pouca ou nenhuma água nova no meio ambiente. Isso é possível por meio da tecnologia e um compromisso global de reduzir 35% da água gasta para cada tonelada de produtos produzidos.

Tecnologia e conscientização são ferramentas da Nestlé para reduzir o consumo de água

No Brasil há duas fábricas que não usam água durante a produção. O líquido necessário vem de um lugar pouco provável para algumas pessoas: do leite.

A fábrica de cápsulas Nescafé Dolce Gusto, em Montes Claros (MG), não usa leite na produção, mas a fábrica vizinha de Leite Moça a abastece com água retirada do leite, por meio de um processo de vaporização e condensação. A água extraída do leite é o suficiente para abastecer a fábrica de cápsulas e ainda sobra para usar na fábrica de leite condensado. Em 1 ano, mais de 66 milhões de litros de água potável deixaram de ser retirados da natureza.

A fábrica de cápsulas de Dolce Gusto foi a primeira unidade da Nestlé no mundo a receber a certificação de Impacto Ambiental Neutro em 3 dimensões: água, resíduos e emissão de carbono. A certificação atesta que a unidade não utiliza água potável oriunda da natureza em seus processos produtivos. A Nestlé possui outra unidade “zero água” em Palmeiras das Missões (RS) e outras 3 que também terão o consumo de água zerado em breve.

Outras unidades também usam água de reúso. Nas unidades de Araçatuba e Araraquara, em São Paulo, por exemplo, a economia é de 185 milhões de litros por ano, o suficiente para abastecer 3.300 mil pessoas no mesmo período.

O uso responsável da água também é um requisito para as relações mantidas com produtores. Por meio dos programas Boas Práticas, os produtores rurais são estimulados a diminuir os impactos ambientais e investir em conformidade e eficiência nos processos produtivos. Um dos exemplos da busca consciente do uso de água é a instalação de hidrômetros nas fazendas, para que os produtores saibam o quanto estão gastando e como podem reduzir e otimizar a produção, utilizando menos recursos hídricos.

Em 2015, o consumo de água da Nestlé Brasil foi reduzido em 6,2% o que representa uma redução de mais de 900 milhões de litros.