Dairy Partners Americas (DPA) inaugura novo Centro de Distribuição em Araras (SP)

Com tecnologia inovadora de resfriamento e estocagem, estrutura integrada à fábrica permite que produtos sejam distribuídos com mais agilidade e eficiência

São Paulo, 16 de dezembro de 2013 – A DPA (Dairy Partners Americas - joint venture formada pela Nestlé e a cooperativa neozelandesa Fonterra), maior empresa de produtos lácteos da América do Sul, inaugura hoje um novo Centro de Distribuição (CD) em Araras (SP). A estrutura, integrada à fábrica da empresa, utiliza tecnologia inovadora de refrigeração e armazenamento e permite um importante avanço na distribuição de produtos lácteos refrigerados no Brasil.

Resultado de um investimento de R$ 86 milhões, o novo CD tem área de 4,6 mil m2 e capacidade para 7 mil paletes de produtos. Com a inauguração desta unidade, todos os produtos de DPA que eram enviados para o CD da Nestlé em Cordeirópolis passam a ser estocados na própria cidade de Araras. Entre os principais ganhos para a operação estão a economia de recursos – que chegará à ordem de R$ 14 milhões por ano, maior agilidade no armazenamento e distribuição, além da redução da emissão dos gases gerados pelo transporte dos produtos para outros CDs.

Gian Carlo Aubry, CEO da DPA, destaca que o Brasil é atualmente um dos mercados mais estratégicos para a companhia e a criação do CD em Araras é um marco na evolução da operação. “Acreditamos que a nova estrutura trará impactos muito positivos à nossa produção e distribuição. A cidade de Araras também ganha com este projeto e, em médio e longo prazo, isso se traduzirá em benefícios para toda a cadeia láctea, desde o produtor até o consumidor, dentro do conceito de Criação de Valor Compartilhado que permeia as atividades da companhia”, ressalta.

Plataforma global de responsabilidade social da DPA e suas companhias formadoras – Nestlé e Fonterra – o conceito de Criação de Valor Compartilhado se fundamenta na premissa de que para o desenvolvimento sustentável do negócio, tão importante quanto gerar valor para os acionistas é gerar de valor para a sociedade onde a empresa está presente.

Resfriamento e armazenamento – Uma dos destaques da nova estrutura é processo de resfriamento dos produtos, com a instalação de túneis que saem da linha de produção diretamente para o CD refrigerado. Três túneis operam com tecnologia de resfriamento dinâmico e homogêneo, que faz com que produtos que saem da linha de produção em temperaturas distintas passem pela esteira de 45 metros de comprimento em velocidades diferentes, para chegar entre 2°C e 4°C à área de armazenamento.

Após a saída dos túneis, a estocagem acontece de forma segura, rápida e inteligente, utilizando uma tecnologia pioneira na indústria de refrigerados. Com o uso de empilhadeiras, o sistema encaminha os paletes para bases móveis nas diferentes fileiras da estrutura, que por meio de controle remoto os direciona às posições de armazenamento. Este sistema permite que a capacidade de armazenamento seja 50% maior em comparação com estruturas convencionais. O método reduz ainda a circulação de empilhadeiras e evita que os colaboradores que trafegam pelo CD tenham qualquer tipo de contato com as máquinas, com total segurança para a operação.

Distribuição - Também de forma automatizada, os produtos seguem para a área anexa de docas, igualmente resfriadas, com capacidade para carregar simultaneamente 15 caminhões. A logística evita perda de frio e energia pelos veículos e pela área do estoque. Com a concentração das operações de produção, resfriamento e distribuição em um único local, o transporte dos produtos passa a ser feito com apenas um deslocamento, direto para o cliente, com redução do uso de aproximadamente 150 mil litros de óleo diesel e emissão de aproximadamente 400 toneladas de CO2 a menos, por ano.

Sustentabilidade – Diversos projetos de responsabilidade social e ambiental conferem sustentabilidade às atividades da fábrica e CD por meio da economia de recursos hídricos e energéticos, segurança dos colaboradores, redução da produção de resíduos e reciclagem de materiais.

Considerando apenas a operação da fábrica, o volume de água economizado em 2012 e 2013 seria suficiente para abastecer o município de Araras por três dias, levando em consideração um consumo diário de 110 litros por pessoa. Um novo sistema possibilitará ainda captação de água da chuva, que será doada ao Corpo de Bombeiros e também reutilizada na própria fábrica.

A redução no consumo de vapor e eletricidade na produção permitiu a economia de mais de 25 mil GJ de energia, de janeiro a novembro de 2013. Em relação à produção de resíduos, 98% do que é produzido pela fábrica volta para a cadeia produtiva e, em 2013, houve uma redução de aproximadamente 50% do que é destinado ao aterro sanitário, em relação a 2012.

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Araras, a DPA está também incentivando e contribuindo para o Projeto Floresta Urbana, que atua no reflorestamento de áreas da cidade, por meio do plantio de árvores em espaços públicos. Com isso, colabora para promover a qualidade de vida e reduzir a poluição as áreas urbanas, trazendo benefícios para toda a população do município.

Sobre a DPA

A DPA (Dairy Partners Americas) é a maior empresa de produtos lácteos da América do Sul, comercializando cerca de 3 bilhões de litros de leite por ano. A empresa é uma joint-venture entre duas das maiores potências na cadeia láctea: a Nestlé, maior empresa de nutrição, saúde e bem-estar do mundo, e a Fonterra, cooperativa da Nova Zelândia e maior exportadora mundial de lácteos.

Com atuação no Brasil, Argentina, Colômbia, Equador e Venezuela, a DPA conta atualmente com mais 4,5 mil colaboradores, 14 fábricas e comercializa cerca de 240 produtos entre iogurtes, sobremesas, leite fermentado, sucos, leite em pó e petit suisse.

No Brasil, é líder em captação de leite, com aproximadamente 2 bilhões de litros de leite captados em 2012. A rede de fornecedores conta hoje com mais de 40 mil produtores diretos e indiretos.