Nestlé assina acordo mundial para assegurar o bem-estar de animais em fazendas

Iniciativa visa implantar novos padrões de proteção animal em propriedades que fornecem matérias-primas para a multinacional suíça

Brasil, agosto de 2014 – A Nestlé, uma das maiores empresas mundiais de alimentos e bebidas, anunciou novas medidas para contribuir com o bem-estar dos animais que fazem parte da sua cadeia de fornecimento. Para garantir a qualidade de vida desses animais, que vivem nas fazendas de empresas parceiras, a companhia assinou um acordo com a World Animal Protection, ONG que lidera um movimento global pela aprovação da Declaração Universal de Bem-estar Animal e luta para combater práticas cruéis com animais de todo o mundo.

O compromisso fará com que milhares de fazendas e propriedades que abastecem a Nestlé com matérias-primas, como leite, carne, aves e ovos cumpram normas mais rigorosas de proteção dos animais. Além disso, o acordo está alinhado ao conceito Criação de Valor Compartilhado, plataforma mundial de responsabilidade social da empresa, que se fundamenta na premissa de que, para o sucesso dos negócios no longo prazo, tão importante quanto gerar valor para os acionistas é gerar valor para a sociedade em que a empresa está inserida.

"Sabemos que nossos consumidores se preocupam com questões de bem-estar e nós, como empresa, estamos empenhados em garantir os mais altos níveis de qualidade de vida dos animais que fazem parte da nossa cadeia de fornecimento global", disse Benjamin Ware, Gerente de Fornecimento Responsável da Nestlé.

Controle nas fazendas

Para assegurar que novos padrões sejam cumpridos, a Nestlé contratou a empresa SGS, que atua com auditoria de processos organizacionais em diversas setores e indústrias do mundo, para fiscalizar a implantação dos novos métodos. Neste ano, por exemplo, centenas de fazendas já passaram pela inspeção, sem aviso prévio, sendo todas acompanhadas por representantes da World Animal Protection. "A decisão de trabalhar com a Nestlé está baseada no seu claro compromisso de melhorar o bem-estar animal e de como essa mudança duradoura pode influenciar milhões de animais em todo o mundo", disse Mike Baker, Presidente-Executivo da World Animal Protection.

Quando uma violação é identificada, a Nestlé oferece suporte para o fornecedor reverter o quadro de não conformidade e, se a empresa se demonstrar incapaz de melhorar, ela não poderá mais fornecer suas matérias-primas à Nestlé.

Sobre a Nestlé – É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações em 194 países e fábricas em 86 países. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé no Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, produtos à base de soja, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 21 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.