Primeiro Semestre de 2014: 4,7% de crescimento orgânico em um ambiente comercial volátil. Programa de recompra de ações de CHF 8 bilhões

Vendas do primeiro trimestre da Nestlé S.A. • Vendas de CHF 43 bilhões, 4,7% de crescimento orgânico, 2,9% de crescimento real
• Franco Suíço forte impacta as vendas em -8,8%
• Lucro operacional de 15,0% (-10 pontos-base); +30 pontos-base nas moedas de valor constante
• Ganhos subjacentes por ação subiram 3,6% nas moedas de valor constante • Anunciado o programa de recompra de ações de CHF 8 bilhões.
• Perspectiva de 2014 confirmada: crescimento orgânico em torno de 5% e melhoria nas margens, ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante e eficiência de capital.

Paul Bulcke, CEO da Nestlé: “Entregamos um sólido crescimento orgânico com base ampla, impelidos por nosso crescimento real e política de preços em um ambiente comercial que ainda está muito volátil. Continuamos a impulsionar nosso ímpeto de crescimento com inovação, maior suporte às nossas marcas e foco em nossas eficiências. A criação da Nestlé Skin Health com base na Galderma expandiu nossa estratégia de Nutrição, Saúde e Bem-estar, reforçando nossas ambições estratégicas de longo prazo de melhorar a vida das pessoas por meio de inovações científicas. Planejamos recomprar CHF 8 bilhões em ações em um programa que começará este ano e continuará em 2015, proporcionando rendimentos mais competitivos aos nossos acionistas. O desempenho no primeiro trimestre permite-nos confirmar a previsão para o ano: crescimento orgânico em torno de 5% e melhoria nas margens, ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante e eficiência de capital.”

Resultados do Grupo do Primeiro Semestre de 2014

No primeiro semestre, o Grupo entregou crescimento orgânico de 4,7%, composto por 2,9% de crescimento real e 1,8% de política de preços. As vendas totais foram de CHF 43 bilhões. O Franco Suíço forte continuou a ter impacto substancialmente negativo (-8,8%) e, após os desinvestimentos, livres de aquisições (-0,7%), reportou que as vendas totais caíram 4,8%.

• O lucro operacional do Grupo foi de CHF 6,4 bilhões. A margem de lucro operacional reportada foi de 15,0% (-10 pontos-base), +30 pontos-base nas moedas de valor constante.

• O custo dos bens vendidos aumentou 20 pontos-base, refletindo as pressões dos custos dos insumos, especialmente nos produtos lácteos.

• Os custos totais administrativos e de marketing caíram 30 pontos-base, refletindo as eficiências. Ao mesmo tempo, continuamos a fortalecer o apoio às nossas marcas, aumentando as despesas de marketing com o consumidor nas moedas de valor constante.

• O lucro líquido baixou para CHF 4,6 bilhões, os ganhos por ação foram reportados em CHF 1,45, ambos impactados pelo Franco Suíço forte. Os ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante subiram 3,6%.

• O fluxo de caixa operacional foi de CHF 4,3 bilhões. O capital de giro ainda é uma área de foco e continuamos a reduzi-lo como uma porcentagem das vendas.

Revisão dos negócios

• O crescimento orgânico do Grupo Nestlé teve base ampla: 4,9% nas Américas, 1,4% na Europa e 7,5% na Ásia, Oceania e África. Globalmente, nossos negócios nos mercados desenvolvidos cresceram 0,6%, enquanto nos mercados emergentes o crescimento foi de 9,7%.

• O crescimento real foi de 2,4% nas Américas, 2,3% na Europa e 4,2% na Ásia, Oceania e África.

• A recém-criada Nestlé Skin Health, tendo como base a Galderma, reforça nossa ambição estratégica de longo prazo de ser a companhia líder em nutrição, saúde e bem-estar. Esse investimento complementa outras plataformas de crescimento de valor agregado em nosso portfólio, inclusive a Nestlé Health Science, criada há três anos para impulsionar a inovação na área de nutrição personalizada. A Nestlé Skin Health ficou ainda mais fortalecida com a aquisição de todos os direitos de comercialização de vários produtos considerados fundamentais na área de dermatologia estética nos Estados Unidos e Canadá.

Zona Américas

Vendas de CHF 12,5 bilhões, 4,9% de crescimento orgânico, 1,7% de crescimento real; margem de lucro operacional de 18,0%, +10 pontos-base

• A Zona entregou crescimento real na América do Norte, onde o ambiente comercial continuou deprimido. O crescimento de dois dígitos na América Latina foi ajudado por nossa política de preços, refletindo as pressões inflacionárias.

• Na América do Norte, as categorias de congelados e sorvetes continuaram a enfrentar inúmeros desafios. Stouffers Multi-Serve Meals entregou crescimento na área de congelados e continuamos a inovar com novos produtos, como Lean Cuisine Stuffed Pretzels. No segmento de pizzas, a nova linha Thin and Crispy impulsionou o crescimento de nossa marca California Pizza Kitchen. Na categoria de sorvetes, os super-premium tiveram um primeiro semestre forte, ajudados por Gelato. Os novos sabores de Coffee-mate fizeram com que o segmento líquido tivesse um desempenho positivo. Em petcare, a extensão da linha de produtos e o lançamento de novos produtos, inclusive o alimento para cães Beyond e areia sanitária para gatos Lightweight 24/7 e Glade ajudaram a impulsionar o crescimento.

• A maioria dos mercados na América Latina acelerou no primeiro semestre. O Brasil entregou forte crescimento orgânico de dois dígitos na maior parte das categorias, com a ajuda da política de preços. Houve bons desempenhos de Ninho na área de produtos lácteos, Nescau nos achocolatados e bebidas maltadas, e também nos sorvetes. KitKat foi o destaque nos confeitos. No México, Nescafé 3-em-1 e Nescafé Dolce Gusto lideraram o crescimento na área de cafés, enquanto nos produtos lácteos, o crescimento foi sustentado por Carnation que aumentou sua participação de mercado. Petcare continuou a ter forte impulso de crescimento com Dog Chow, Pro Plan e com o lançamento de Revena no segmento de especialidades para cães no Brasil.

• Apesar do aumento substancial dos gastos de marketing com o consumidor a margem de lucro operacional cresceu em vista da menor reestruturação e outras despesas.

Zona Europa

Vendas de CHF 7,3 bilhões, 0,6% de crescimento orgânico, 2,0% de crescimento real; margem de lucro operacional de 14,8%, -10 pontos-base • A Zona entregou crescimento orgânico positivo, impulsionado por forte crescimento de volume em um ambiente deflacionário em que a confiança do consumidor continua frágil.

• A inovação e o foco no segmento premium continuam a sustentar o crescimento. Nescafé Dolce Gusto teve bom desempenho em toda a Zona e aumentou sua participação de mercado. Wagner e Buitoni entregaram bom crescimento no segmento de pizza congelada e Nescafé Gold em cafés solúveis. A área de confeitos foi beneficiada com a Páscoa tardia e o segmento de produtos culinários entregou desempenhos fortes nos molhos, sopas, papéis para cozinhar Maggi Papyrus e, nos alimentos instantâneos, os macarrões. O crescimento da área de petcare continuou a ser impulsionado pelas porções individuais de Felix, por Purina ONE e petiscos para gatos.

• Na Europa Ocidental, a região ibérica mostrou sinais de recuperação entregando crescimento positivo. Houve bons desempenhos na Suíça, Holanda e Áustria, e melhorias na França, Itália e Alemanha.

• A Europa Central e Oriental se recuperaram com crescimento real acelerado na Polônia e República Tcheca. A Rússia continuou a entregar bom crescimento, particularmente no segmento de sorvetes, Nescafé Dolce Gusto e KitKat. A Ucrânia provou ser resiliente, entregando crescimento apesar da turbulência política após o difícil início de ano.

• A margem de lucro operacional caiu ligeiramente devido a deficiências que não puderam ser integralmente compensadas pelas reduções em reestruturação e outros custos.

Zona Ásia, Oceania e África

Vendas de CHF 8,9 bilhões, 4,7% de crescimento orgânico, 1,9% de crescimento real; margem de lucro operacional de 18,9%, -20 pontos-base

• A Zona entregou crescimento tanto nos mercados desenvolvidos como nos emergentes. Os bons desempenhos em partes da Zona foram contrabalançados pelos efeitos da deflação e agitação em outras. O crescimento real foi impactado pelo aumento de preços necessário para compensar a fraqueza de certas moedas correntes.

• Os negócios premium continuaram a impulsionar o crescimento da Zona. O desenvolvimento contínuo do Nescafé Dolce Gusto entregou um crescimento de dois dígitos. A inovação também contribuiu com novos lançamentos, inclusive Yinlu Walnut Milk na China e novas embalagens multipack de Milo na Austrália. Houve sólido crescimento com Milo nas bebidas achocolatadas e maltadas, Maggi no ambiente culinário, e com os produtos cremosos.

• Nos mercados emergentes, as Filipinas, Turquia, Paquistão e muitos mercados africanos cresceram fortemente. A China foi um desafio, mas vemos que os fundamentos estão melhorando. O Sul da Ásia se recuperou, e seu crescimento foi reforçado por inovações como as bebidas Nestlé Masala Buttermilk e Nestlé Sweet Lassi lançadas na Índia. Nesquik Optifast teve um bom começo na Turquia e no Oriente Médio.

• Os mercados desenvolvidos na Zona entregaram crescimento positivo, com o Japão tendo um forte começo de ano. Carnation Cooking Cream com baixo teor de gordura e o alimento para gatos Felix na Oceania tiveram um desenvolvimento de sucesso.

• A margem de lucro operacional foi impactada pelos aumentos de custo, principalmente nos produtos lácteos, que não puderam ser totalmente compensados pela política de preços e eficiências.

Nestlé Waters

Vendas de CHF 3,7 bilhões, 6,1% de crescimento orgânico, 7,3% de crescimento real; margem de lucro operacional de 10,4%, +80 pontos-base

• A Nestlé Waters entregou crescimento rentável de base ampla em todas as geografias e marcas, com aceleração nos mercados emergentes. A categoria de água engarrafada continuou a entregar um crescimento sólido no geral. Nestlé Pure Life continuou a impulsionar nosso crescimento, especialmente nos mercados emergentes, tendo a China, Egito, Turquia e Paquistão como destaques. Nos mercados desenvolvidos, nossas marcas regionais entregaram crescimento constante, em particular Levissima na Itália, Poland Spring e Deer Park nos Estados Unidos, Buxton no Reino Unido e Hépar na França. As marcas premium Perrier e S. Pellegrino mantiveram seu bom ímpeto e entregaram crescimento de dois dígitos em vários mercados desenvolvidos.

• A melhoria da margem de lucro operacional foi impulsionada pelo sólido crescimento do volume de vendas e reduções de custo significativas em toda a cadeia de valor.

Nestlé Nutrition

Vendas de CHF 4,7 bilhões, 7,9% de crescimento orgânico, 3,8% de crescimento real; margem de lucro operacional de 21,1%, +110 pontos-base

• O crescimento da Nestlé Nutrition acelerou, impulsionado por um crescimento de dois dígitos nas fórmulas e cereais infantis. O crescimento nos mercados emergentes superou o mercado em inúmeros casos. NAN entregou forte crescimento de dois dígitos, assim como as marcas super premium S26 e Illuma. Nos Estados Unidos, a participação de mercado dos cereais infantis cresceu. As refeições e bebidas representaram um desafio devido à forte competitividade nos Estados Unidos e condições econômicas mais frágeis no México e Europa.

• A melhoria na margem de lucro operacional refletiu os efeitos dos desinvestimentos e da integração de novos negócios.

Outras Atividades

Vendas de CHF 5,9 bilhões, 5,9% de crescimento orgânico, 4,7% de crescimento real; margem de lucro operacional de 18,4%, -80 pontos-base

• A Nestlé Professional acelerou seu ímpeto de crescimento durante o primeiro semestre apesar dos desafios na América do Norte e Europa Ocidental, onde as condições deflacionárias e um difícil ambiente fora de casa persistiram. A Rússia impulsionou o crescimento na Europa Oriental e atingimos um crescimento de dois dígitos nos mercados emergentes. O crescimento do negócio de bebidas foi impulsionado pelas soluções em bebidas e pelo bom ímpeto geral na América Latina, e na Zona Ásia, Oceania e África. Com relação ao negócio de alimentos, as soluções em sobremesas foram a chave para impulsionar o crescimento geral, particularmente forte na Zona Ásia, Oceania e África.

• A expansão da variedade de cafés Grand Cru, serviços inovadores e novas máquinas garantiram que a demanda por Nespresso nos mercados estabelecidos continuasse sólida, apesar do significativo aumento de concorrência. A expansão geográfica foi acelerada com 14 novas butiques abertas em todo o mundo. Na América do Norte, houve boa resposta ao lançamento do sistema VertuoLine que faz cafés para xícaras grandes, preferidos pelos consumidores norte-americanos.

Nestlé Health Science teve bom desempenho, impulsionado pela inovação e pelos desenvolvimentos de Peptamen, Alfamino, e Carbzero e Betaquik da Vitaflo em outros mercados. Boost nos Estados Unidos, Meritene na Europa e Nutren no Brasil também atingiram sólido crescimento. Lançamos nossa primeira linha de produtos no Japão destinada a preencher as necessidades nutricionais da população idosa do país.

• O lucro operacional caiu devido ao substancial apoio de marketing, investimentos de desenvolvimento e impacto das moedas correntes.

Programa de recompra de ações de CHF 8 bilhões

Planejamos lançar um novo programa de recompra de ações no valor de CHF 8 bilhões que terá início este ano e continuará em 2015. A recompra de ações está sujeita às condições de mercado e oportunidades estratégicas. Está alinhada com a política do Grupo de manter nosso rating financeiro ao mesmo tempo em que proporcionamos rendimentos mais competitivos aos acionistas com uma política de dividendos sustentável em linha com o crescimento dos ganhos subjacentes.

Perspectiva

Perspectiva anual confirmada: crescimento orgânico em torno de 5% e melhoria nas margens, ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante e eficiência de capital.