Resultados de 2012: Bom desempenho em todo o mundo, modelo Nestlé com bons resultados novamente

​• Vendas de CHF 92,2 bilhões, com crescimento de CHF 8,6 bilhões, + 10,2%
• 5,9% de crescimento orgânico, 3,1% de crescimento real
• Lucro operacional bruto subiu 11,8% atingindo CHF 14,0 bilhões, a margem subiu 20 pontos-base para 15,2%
• Os ganhos por ação cresceram 12,2% chegando a CHF 3,33
• Proposta de aumento do dividendo para CHF 2,05 por ação
• Fluxo de caixa operacional aumentou CHF 5,6 bilhões atingindo CHF 15,8 bilhões
• Perspectiva de 2013: Crescimento orgânico de 5% a 6%, melhoria da margem do lucro operacional bruto e ganhos por ação subjacentes nas moedas de valor constante

Paul Bulcke, CEO da Nestlé: “Em 2012 cumprimos com o nosso compromisso: um bom desempenho sustentado por ampla base construída sobre o crescimento lucrativo obtido de forma consistente nos anos anteriores. Tanto os mercados em desenvolvimento como os emergentes contribuíram com todos os nossos negócios. Nossa agenda de nutrição, saúde e bem-estar continuou a proporcionar mais benefícios aos consumidores, maior diferenciação de marca no mercado e mais valor para os acionistas. Com criatividade e inovação, nossos colaboradores construíram as fundações para nosso crescimento futuro. Aumentamos o apoio às nossas marcas. Reforçamos ainda mais nossa rede global de P&D com novas instalações na Índia e na China. Desenvolvemos novas capacidades para a Nestlé Health Science e adquirimos a Wyeth Nutrition. Nossos investimentos foram responsáveis e sustentáveis, já que conseguimos expandir nossa pegada de produção e, ao mesmo tempo, reduzir o impacto ambiental de nossos negócios. Apesar dos inúmeros desafios que 2013 com certeza nos trará, esperamos entregar o Modelo Nestlé com crescimento orgânico entre 5% e 6%, uma margem maior e ganhos por ação subjacentes nas moedas de valor constante”.

Resultados do Grupo

Vevey, 14 de fevereiro de 2013 – A Nestlé reportou que as vendas cresceram CHF 8,6 bilhões, ou 10,2%, atingindo CHF 92,2 bilhões. O crescimento orgânico foi de 5,9% construído sobre o sólido crescimento dos últimos anos, sendo composto de 3,1% de crescimento real e 2,8% de política de preços. Após anos de impacto adverso, o câmbio somou 1,7% às vendas, e as aquisições, descontados os desinvestimentos, mais 2,6%.

• O lucro operacional bruto do Grupo foi de CHF 14,0 bilhões, tendo crescido CHF 1,5 bilhões, ou 11,8%. A margem de lucro operacional bruto foi de 15,2%, o que representa 20 pontos-base, +10 pontos-base nas moedas de valor constante.

• O custo dos produtos vendidos caiu 30 pontos-base e os custos de distribuição caíram 20 pontos-base. O programa Nestlé Continuous Excellence contribuiu com eficiências acima de CHF 1,5 bilhões, sustentado pelas economias obtidas em anos anteriores.

• Demos mais apoio de marketing às nossas marcas, aumentando nossos custos totais de marketing em 30 pontos-base. Os gastos voltados para o Consumidor aumentaram cerca de 8% nas moedas de valor constante.

• Os custos administrativos subiram 20 pontos-base, após uma queda de 80 pontos-base no ano anterior causada pela reestruturação dos planos de pensão em 2011.

• O lucro líquido cresceu CHF 1,1 bilhão, atingindo um total de CHF 10,6 bilhões, e os ganhos por ação subiram 12,2% para CHF 3,33. Os ganhos por ação subjacentes em moedas de valor constante aumentaram 7,5%.

• Aumentamos o nosso fluxo de caixa operacional em CHF 5,6 bilhões para CHF 15,8 bilhões, refletindo, primariamente, uma melhoria substancial no nosso capital de giro.

Revisão dos Negócios

• O crescimento do Grupo Nestlé apoiou-se em uma ampla base em todas as categorias e geografias, com 5,9% de crescimento orgânico nas Américas, 2,4% na Europa e 10,3% na Ásia, Oceania e África.

• Apesar do ambiente de negócios desafiador no mundo desenvolvido, nossa inovação em produtos, sistemas e rotas para o mercado obteve um crescimento orgânico de 2,5%. Nos mercados emergentes, crescemos 11%, com vendas de CHF 39,3 bilhões.

• Tomamos novas medidas para melhorar nossa posição de liderança em nutrição, saúde e bem-estar. Continuamos a reformular produtos para que sejam mais saudáveis e saborosos. Alavancamos nossas capacidades de pesquisa e desenvolvimento para entregar uma boa nutrição e desenvolver soluções que ajudem as pessoas a gerenciar moléstias relacionadas com dieta. Continuamos a construir parcerias com organizações ativas no combate a doenças de comunicação não obrigatória. Adquirimos a Wyeth Nutrition e inúmeras novas capacidades para o Nestlé Health Science. Inauguramos o Nestlé Institute of Health Sciences, adicionamos duas novas unidades de P&D na China, um novo centro de P&D na Índia e abrimos um centro global para estudos clínicos na Suíça.

Zona Américas

Vendas de CHF 28,9 bilhões, 5,2% de crescimento orgânico, 0,6 % de crescimento real; 18,6% de margem de lucro operacional bruto, +20 pontos-base.

• A Zona cresceu tanto na América do Norte como na América Latina.

• Na América do Norte, nos concentramos em aumentar a percepção de valor de nosso negócio de alimentos congelados, com melhores receitas e perfis nutricionais, uma nova estratégia promocional e de comunicação, aliadas à priorização de segmentos de maior valor no negócio de sorvetes. Tudo isso gerou uma tendência de aumento de participação de mercado em todas as categorias. O negócio de congelados contou com a ajuda de inovações, como DiGiorno Italian Favorites e Lean Cuisine Salad Additions. O negócio de sorvetes cresceu nas áreas de maior valor, super premium e snacks, refletindo nossa estratégia de otimizar o mix da categoria. Outra inovação, o Häagen Dazs Gelato, foi lançada com sucesso. Os negócios de café e produtos cremosos tiveram bom desempenho em categorias que apresentam bom crescimento. O segmento Coffee-Mate em formato líquido, que inclui o Natural Bliss, foi o destaque entre os produtos cremosos, enquanto o Nescafé Clásico liderou o crescimento entre os cafés solúveis. Petcare continuou a crescer em volume e participação de mercado, com adição de produtos em linhas já existentes e novos lançamentos. Friskies Tasty Treasures para gatos e Beneful Fiesta para cachorros, entre outros, apresentaram desempenhos sólidos.

• Na América Latina, onde continuamos a observar tendências positivas, de uma forma geral, direcionamos as inovações para o desenvolvimento de produtos regionais baseados em marcas consolidadas. No Brasil, a maior parte das categorias apresentou um crescimento de dois dígitos. Os destaques incluem os lançamentos de sucesso de Kit Kat e do sorvete descascável, bem como o bom desempenho contínuo de Nescafé Dolce Gusto. No México, o café ajudou a direcionar o crescimento a partir de produtos com posicionamento popular para o Nescafé Dolce Gusto. As outras regiões contribuíram positivamente. Petcare cresceu dois dígitos em toda a América Latina.

• A margem de lucro operacional bruto da Zona aumentou 20 pontos-base em vista das ações necessárias de política de preços e disciplina consistente na economia de custos.

Zona Europa

Vendas de CHF 15,4 bilhões, 1,8% de crescimento orgânico, 1,1% de crescimento real; 15,7% de margem de lucro operacional bruto, +10 pontos-base.

• A Zona cresceu tanto na Europa Ocidental como na Central / Oriental, provando que, mesmo em um ambiente de negócios desafiador, sempre existem oportunidades de se obter crescimento e ganhos de participação acima do mercado.

• Continuamos a crescer na Europa Ocidental, mantendo o impulso do ano anterior. Esse crescimento, incentivado por um forte canal de inovação combinado com uma abordagem rigorosa das eficiências, tem permitido que a Zona aumente tanto o investimento nas marcas como a margem. Isso nos permitirá sustentar o impulso de crescimento em 2013. Na Grécia e na Espanha, as condições comerciais foram extremamente duras, mas conseguimos apresentar crescimento. Também crescemos na Grã Bretanha, onde fizemos progresso real nos canais online, conveniência e descontos, que têm apresentado uma expansão muito rápida. Na França, aumentamos nossa participação de mercado na maior parte das categorias. Em toda a Zona, o Nescafé Dolce Gusto continuou a desempenhar o papel fundamental de locomotiva de crescimento e Maggi também teve bom desempenho em muitos mercados. O desempenho de petcare, outro importante direcionador de crescimento, foi liderado pela categoria premium, em especial, Felix, Gourmet, Proplan e Purina ONE.

• Na Europa Central e Europa Oriental melhoramos nossa posição competitiva nos segmentos de café e petcare, com o aumento de nossas capacidades locais de fabricação e distribuição. A Rússia continua a ser impulsionada por contínuas melhorias, com Nescafé, sorvetes e chocolate contribuindo para o bom crescimento interno real. As outras partes da região também apresentaram bom desempenho.

• A margem de lucro operacional bruto da Zona aumentou 10 pontos-base, refletindo o crescimento de volume e boa gestão de custos, o que foi obtido paralelamente ao aumento no investimento de marcas. Essa melhoria teve como fundamento o aumento de 230 pontos-base obtido em 2011.

Zona Ásia, Oceania e África

Vendas de CHF 18,9 bilhões, 8,4% de crescimento orgânico, 5,9% de crescimento real; 19,0% de margem de lucro operacional bruto, +10 pontos-base.

• A Zona cresceu nos mercados desenvolvidos e nos mercados emergentes onde continuamos a nos concentrar no aumento da distribuição e desenvolvimento de produtos com posicionamento popular e forte perfil nutricional. Também investimos em novas instalações industriais nos diferentes mercados, inclusive China, Índia, Filipinas, África do Sul, Angola e Vietnã.

• Entre os mercados emergentes, obtivemos um crescimento de dois dígitos na África, China, Oriente Médio e Indonésia. Houve contribuições significativas das bebidas em pó, especialmente Milo, e dos produtos culinários, principalmente Maggi, bem como dos chocolates, sorvetes e bebidas RTD. As inovações incluíram Maggi Magic Meals, Milo High Fiber e Nestlé Esquimo Mummy.

• O Japão teve o desempenho mais forte entre os mercados desenvolvidos, com Nescafé Dolce Gusto e Kit Kat como destaques. Kit Kat tornou-se a marca líder na categoria de chocolates.

• A margem de lucro operacional bruto da Zona subiu 10 pontos-base.

Nestlé Waters

Vendas de CHF 7,2 bilhões, 6,4% de crescimento orgânico, 4,9% de crescimento real; 8,9% de margem de lucro operacional bruto, +90 pontos-base.

• Nestlé Waters continuou a apresentar bom desempenho, consolidando ainda mais suas posições em mercados desenvolvidos na América do Norte e Europa, e aumentando sua escala operacional nos mercados emergentes. Contou com a ajuda das fortes vendas das marcas premium, S. Pellegrino e Perrier. Nestlé Pure Life reforçou sua posição de liderança global com sólido crescimento de dois dígitos na receita bruta, confirmando que uma hidratação saudável é a chave para o crescimento da categoria de águas engarrafadas.

• Na América do Norte, as marcas regionais, inclusive Poland Spring, Ice Mountain e Zephyrhills se beneficiaram do crescimento da categoria. O negócio “Home & Office” também apresentou bom desempenho.

• Na Europa, os bons desempenhos na França e Grã Bretanha compensaram o ambiente mais retraído da Europa Meridional.

• Os mercados emergentes cresceram dinamicamente, com crescimento de dois dígitos na Turquia, Egito, México e Tailândia, entre outros.

• A margem de lucro operacional bruto da Nestlé Waters aumentou em vista do crescimento da divisão e do alto nível das eficiências na fabricação, procurement e distribuição.

Nestlé Nutrition

Vendas de CHF 7,9 bilhões, 6,7% de crescimento orgânico, 3,0% de crescimento real; 19,2% de margem de lucro operacional bruto, -80 pontos-base.

• 2012 foi um bom ano para a nutrição infantil, especialmente nos mercados emergentes, inclusive os BRICs e a África, com crescimento de dois dígitos tanto no segmento de fórmulas infantis como de cereais matinais. Cresceu igualmente nos mercados desenvolvidos, apesar das baixas taxas de natalidade, com bom desempenho especialmente na França e nos Estados Unidos, onde obteve ganho de participação de mercado. As inovações incluíram o desenvolvimento da fórmula anti-cólica em âmbito global, dos sachês Gerber e dos iogurtes infantis de prateleira nos Estados Unidos. A aquisição da Wyeth Nutrition, finalizada em novembro, aumentará significativamente nossa posição e nossas capacidades em mercados emergentes fundamentais, além de melhorar o perfil de crescimento do nosso negócio de nutrição.

Weight Management continuou a ter desempenho abaixo do esperado. Performance Nutrition aumentou sua distribuição, alinhada com o foco em seu público-alvo, e renovou sua linha de PowerBar ProteinPlus.

A margem de lucro operacional bruto da Nestlé Nutrition foi impactada pelo Weight Management e pelos custos de transição e integração da Wyeth Nutrition.

Outras atividades

Vendas de CHF 13,9 bilhões, 8,7% de crescimento orgânico, 6,5% de crescimento real; 17,2% de margem de lucro operacional bruto, +40 pontos-base.

Nestlé Professional conseguiu crescer nos mercados desenvolvidos e obteve um crescimento de dois dígitos nos mercados emergentes, com contribuições tanto do setor de alimentos como de bebidas. O negócio de bebidas teve bom crescimento geral, liderado pelo crescimento de dois dígitos em system solutions, onde as vendas atingiram, pela primeira vez, CHF 1 bilhão. O Nescafé Alegria já está presente em mais de 60 mercados, e o Nescafé Milano em mais de 30 mercados e continua expansão. O negócio de alimentos também contribuiu com crescimento sólido, liderado pela inovação em soluções nas combinações de sabores picantes e doces e estreita colaboração com os clientes.

Nespresso apresentou novamente um forte desempenho, com crescimento de dois dígitos. A companhia continuou a consolidar sua posição na Europa, além de expandir rapidamente sua presença na região da Ásia Pacifico e nas Américas. As inovações incluíram cinco novos cafés Grand Cru e duas novas máquinas, Maestria e U. A rede de butiques contou com 52 inaugurações, atingindo 300 locais em 48 países, e novos serviços foram lançados para os membros do Club Nespresso. A Nespresso obteve mais de 2/3 de seu café verde através de seu programa exclusivo Qualidade Sustentável AAA, e atingiu 75% de seu compromisso de capacidade de reciclagem um ano antes do planejado.

Nestlé Health Science continuou a construir seus canais e suas capacidades por meio de investimentos na Accera e pela criação de uma joint venture com o grupo Chi-Med, denominada Nutrition Science Partners. Inauguramos o Nestlé Institute of Health Sciences. O portfólio de produtos teve bom desempenho, apesar do ambiente desafiador em alguns mercados da Europa Meridional, afetados por mudanças nos acordos de reembolso. Tanto o Aging Medical Care como o Critical Care and Surgery se beneficiaram das inovações e do desenvolvimento de produtos.

Cereal Partners Worldwide apresentou um crescimento de dois dígitos nos mercados emergentes, que compensou a fraca dinâmica da categoria nos mercados desenvolvidos. O realinhamento da Beverage Partners Worldwide foi concluído. As joint ventures farmacêuticas, Galderma e Laboratoires Innéov, atingiram um crescimento médio de um dígito em conjunto.

Propostas do Conselho para a Assembléia Geral Ordinária

Na Assembléia Geral Ordinária em 11 de abril de 2013, o Conselho de Administração proporá o aumento do dividendo para CHF 2,05 por ação. O último dia de pregão passível de receber o dividendo é 12 de abril de 2013. O dividendo líquido será pagável a partir de 18 de abril de 2013. Os acionistas devidamente registrados no registro de ações com direito a voto em 4 de abril de 2013 às 12:00 horas (CEST – Horário Padrão da Europa Central) poderão exercer seu direito de voto.

O Conselho proporá as reeleições de Peter Brabeck-Letmathe, Steven G. Hoch, Titia de Lange e Jean-Pierre Roth como conselheiros, cada qual com para um novo mandato de três anos. O Conselho também proporá a eleição de Eva Cheng. A Sra. Cheng é antiga Vice-Presidente Executiva Corporativa responsável pelo território denominado Greater China e Região Sudeste da Ásia da Amway Corporation, uma empresa global de produtos para o consumidor sediada nos Estados Unidos. André Kudelski chegou ao fim de seu terceiro mandato e não poderá se candidatar à reeleição. O Conselho deseja agradecê-lo por seus serviços inestimáveis nos últimos doze anos.

Perspectiva positiva para 2013

O ambiente parece tão desafiador em 2013 como foi em 2012. Mas 2013 nos proporcionará, novamente, oportunidades para alavancarmos nossas vantagens competitivas, garantirmos nossas oportunidades de crescimento e tirarmos benefícios de nosso objetivo de melhoria contínua em todo o Grupo. Esperamos, portanto, entregar o Modelo Nestlé mais uma vez em 2013: crescimento orgânico entre 5% e 6%, com uma margem de lucro operacional bruto maior e ganhos por ação subjacentes em moedas de valor constante, bem como uma melhoria em nossa eficiência de capital.