Vendas da Nestlé nos primeiros nove meses: 4,5% de crescimento orgânico com base ampla em um ambiente volátil

• Vendas de CHF 66,2 bilhões, 4,5% de crescimento orgânico, 2,3% de crescimento real
• Crescimento de 0,5% nos mercados desenvolvidos e de 9,5% nos mercados emergentes
• Perspectiva anual inalterada: nossa meta ainda é um crescimento orgânico em torno de 5% com melhoria nas margens, ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante e eficiência de capital

Paul Bulcke, CEO da Nestlé: “Em um ambiente comercial global volátil, em que não podemos contar com vento de cauda, obtivemos um bom crescimento com base ampla. Apesar de estarmos concentrados na entrega no presente, tomamos medidas para reconfigurar e reforçar nosso negócio no futuro. Criamos o programa ‘Nestlé Business Excellence’ para alavancar melhor nossa escala e garantir que nossos mercados possam se concentrar no crescimento de seus respectivos negócios. Não obstante o ambiente difícil, tendo em vista nosso desempenho acumulado, nossa meta ainda é um crescimento orgânico em torno de 5% para 2014 com melhoria nas margens, ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante e eficiência de capital”.

Revisão dos Negócios

Nos primeiros nove meses de 2014, o crescimento orgânico foi de 4,5%, composto por 2,3% de crescimento real e 2,2% de política de preços. As vendas foram de CHF 66,2 bilhões, impactadas por um câmbio substancialmente negativo de -7,5%, e os desinvestimentos, livres de aquisições, também contribuíram para a redução das vendas em 0,1%. Como resultado, a evolução total das vendas foi de -3,1%.

Continuamos a crescer em todas as áreas geográficas: 5,1% nas Américas, 1,4% na Europa e 6,5% na Ásia, Oceania e África. Os mercados desenvolvidos cresceram 0,5%, e os mercados emergentes 9,5%.

Zona Américas

Vendas de CHF 19,3 bilhões, 4,8% de crescimento orgânico, 1,1% de crescimento real.

• Na América do Norte, onde os contínuos desafios da categoria de congelados teve impacto sobre as vendas, continuamos focados na recuperação do negócio. Tivemos desempenhos positivos em outras categorias, nas quais a inovação foi a chave do sucesso. Novos itens tiveram um bom começo no segmento de pizzas, particularmente o DiGiorno’s Thin and Crispy, e, nos sorvetes, o super premium Gelato manteve seu ímpeto de crescimento contínuo. Os sabores Girl Scout Cookie para o Coffee-mate colaboraram para o forte crescimento dos coffee creamers. As Butterfinger Cups lançadas recentemente continuaram a contribuir para o crescimento na área de confeitos. O desinvestimento do Juicy Juice foi anunciado como parte do processo contínuo de gerenciamento do portfólio. Em petcare, lançamos Beyond no segmento crescente de rações naturais para cães.

• Na América Latina o sentimento do consumidor variou em toda a região, e a política de preços teve seu impacto. No Brasil houve bons desempenhos em todas as categorias. Os destaques foram na área de produtos lácteos, especialmente nos leites de crescimento, achocolatados e bebidas maltadas, como o Nescau, e também nos biscoitos. KitKat manteve seu bom impulso inicial, apresentando um crescimento de dois dígitos. As mudanças na legislação tributária do México afetaram o mercado. A categoria de cafés solúveis continuou muito competitiva no país. Em toda a região, o segmento de petcare teve um desempenho excelente, com Dog Chow e Pro Plan liderando seu crescimento.

Zona Europa

Vendas de CHF 11,1 bilhões, 1,0% de crescimento orgânico, 2,0% de crescimento real.

• Apesar dos ventos contrários, o crescimento na Zona foi positivo, impulsionado pela inovação e o segmento premium. A confiança do consumidor continua frágil na Europa, e o ambiente dificultou a realização da política de preços.

• A Europa Ocidental cresceu, com Espanha e Portugal, França, Áustria e Holanda contribuindo para esse crescimento, enquanto a região da Grã-Bretanha, Alemanha e Itália foram mais fracas. Nescafé Dolce Gusto continuou a apresentar bom crescimento e os cafés solúveis, com Nescafé Gold, tiveram forte desempenho em muitos mercados. A pizza congelada continuou com seu ímpeto de crescimento positivo, ao passo que os sorvetes tiveram um verão desafiador na maior parte da Europa. Petcare também apresentou bom crescimento, especialmente Felix, Purina ONE, Gourmet, e os petiscos.

• A Europa Central e Oriental mantiveram as tendências observadas no início do ano. A Rússia continuou a apresentar bom desempenho, particularmente nos segmentos de confeitos e sorvetes, e Nescafé Dolce Gusto teve um crescimento de dois dígitos. A Ucrânia teve um bom desempenho. Em outras partes da região, o cenário foi contraditório. A melhoria do sentimento do consumidor em alguns mercados contribuiu para as vendas, especialmente de confeitos e cafés. A categoria de produtos culinários caiu em vários mercados, e as más condições meteorológicas afetaram o segmento de sorvetes. Os destaques na área de petcare, que teve crescimento sólido em toda a região, foram Rússia e Polônia.

Zona Ásia, Oceania e África

Vendas de CHF 13,4 bilhões, 3,5% de crescimento orgânico, 0,7% de crescimento real

• O ambiente também foi desafiador na Zona AOA, especialmente na China, apesar de continuarmos confiantes nas perspectivas de longo prazo para os negócios nessa região. Apesar de muitos mercados da Zona terem entregado um bom crescimento, a instabilidade política em vários países teve impacto significativo. Os direcionadores de crescimento na Zona foram as inovações e os negócios premium, como Nescafé Dolce Gusto.

• Do ponto de vista de categoria e marca, Milo, Maggi, café e os aromatizadores para café e chá contribuíram para o crescimento do mercado emergente em toda a Zona. Filipinas, Turquia, Paquistão e muitos mercados na África tiveram um desempenho forte.

• Nos mercados desenvolvidos, a constante inovação e desenvolvimento de novos modelos de negócios ajudaram o Japão a entregar bons resultados, enquanto a Oceania foi um desafio, apesar dos contínuos lançamentos de sucesso de novos produtos, inclusive Carnation Cooking Cream com baixo teor de gordura e a ração para gatos Felix.

Nestlé Waters

Vendas de CHF 5,7 bilhões, 5,1% de crescimento orgânico, 5,8% de crescimento real.

• A Nestlé Waters entregou um bom crescimento tanto nos mercados desenvolvidos como nos emergentes. No mercado altamente competitivo da América do Norte, as águas minerais regionais, como Ozarka e Deer Park, tiveram bom desempenho, assim como as marcas premium Perrier e S. Pellegrino. Nestea também contribuiu. Apesar do verão mais fresco, a Europa continuou a mostrar um sólido crescimento. O Reino Unido, França e Bélgica foram os destaques. Nestlé Pure Life continuou a liderar o crescimento de dois dígitos nos mercados emergentes, juntamente com bons desempenhos de marcas locais, especialmente na Turquia, China, Brasil e Egito.

Nestlé Nutrition

Vendas de CHF 7,1 bilhões, 7,8% de crescimento orgânico, 3,4% de crescimento real.

• A Nestlé Nutrition manteve seu bom ímpeto de crescimento nas fórmulas e cereais infantis. Os mercados emergentes entregaram um crescimento de dois dígitos, apesar da instabilidade política em partes da região do Oriente Médio que prejudicaram a distribuição de produtos na área. Nos mercados desenvolvidos, a categoria de refeições e bebidas foi fraca, mas inovações, como os Gerber Pouches nos Estados Unidos, tiveram bom desempenho. As inovações na linha NAN, juntamente com nossas marcas premium S26 e Illuma, continuaram a nos diferenciar da concorrência.

Outros Negócios

Vendas de CHF 9,6 bilhões, 6,6% de crescimento orgânico, 4,9% de crescimento real.

• A Nestlé Professional continuou a progredir, ajudada pelo forte crescimento na Rússia, China, Oriente Médio, Indochina e Filipinas. Isso compensou os desafios enfrentados na Europa Ocidental, América do Norte e México. O negócio de soluções em bebidas entregou bons desempenhos, e as soluções em sobremesas lideraram o crescimento do negócio de alimentação.

• O crescimento da Nespresso foi impelido pela inovação em serviços e máquinas, e pelas novas Edições Limitadas que aumentaram a série de cafés Grand Cru. O negócio cresceu tanto nos mercados já consolidados como em mercados mais novos, na medida em que a expansão geográfica continuou com a abertura de novas butiques em todo o mundo. Os lançamentos da nova máquina Inissia, e do sistema VertuoLine na América do Norte estão tendo o desempenho esperado, já que foram bem recebidos pelos consumidores.

Nestlé Health Science cresceu solidamente em algumas regiões, com destaque para a Europa, apesar da pressão dos orçamentos de saúde do setor público que afeta os reembolsos. Peptamen e Impact foram as contribuições-chave, e o crescimento sólido no varejo e na categoria dos pagantes individuais foi liderada por Boost nos Estados Unidos, Meritene na Europa e Nutren no Brasil.

 • A constituição da Nestlé Skin Health está caminhando como planejado. Galderma teve bom desempenho nos Estados Unidos, Ásia e América Latina. O portfólio de medicina estética recentemente adquirido na América do Norte foi integrado com sucesso.

Perspectiva

Não obstante o ambiente difícil, tendo em vista nosso desempenho acumulado, nossa meta ainda é um crescimento orgânico em torno de 5% para 2014 com melhoria nas margens, ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante e eficiência de capital.