Jovens de Fortaleza vencem desafio HENRi@Nestlé e ganham prêmio de US$ 50 mil

Grupo de empreendedores apresentou projeto de protótipo de canudo acoplado à caixinha de NESCAU Prontinho e venceu o desafio lançado na plataforma global de inovação aberta da Nestlé

To Press Releases listmai 15, 2019

Grupo de empreendedores apresentou projeto de protótipo de canudo acoplado à caixinha de NESCAU Prontinho e venceu o desafio lançado na plataforma global de inovação aberta da Nestlé

São Paulo, 13 de maio de 2019 – Um grupo de jovens empreendedores de Fortaleza foi o grande vencedor do primeiro desafio de inovação aberta da plataforma HENRi@Nestlé no Brasil, que teve como tema Iniciativas para a substituição de canudos de plástico. O objetivo foi buscar parceiros que trouxessem propostas para repensar o papel dos canudos de plástico nas embalagens dos produtos Nestlé, sem comprometer a experiência de consumo.

O projeto vencedor foi idealizado por Ana Ivna Alves Milério, engenheira ambiental e sanitária (formada pela Universidade de Fortaleza-Unifor); Leonardo Holanda Lima (estudante de engenharia ambiental e sanitária na Unifor) e Matheus Titara (formado em Arquitetura e Urbanismo pelas Faculdades Integradas de Cataguases/FIC, Minas Gerais). O grupo recebeu um prêmio único de US$ 50 mil para a implantação de um piloto em conjunto com a Nestlé Brasil: um protótipo de caixinha de NESCAU Prontinho com um canudo acoplado para dobrar, feito do mesmo material da embalagem atual do produto. A ideia é que a caixinha do achocolatado venha com lacre que, ao ser retirado, libera o canudo na dobradura.

Os oito projetos finalistas foram avaliados por um comitê de especialistas de mercado e executivos da Nestlé, inclusive o CEO Marcelo Melchior. A final do desafio aconteceu na sede da Nestlé, em São Paulo, na sexta-feira (10). "O desafio foi um movimento inicial para nos aproximarmos dessa comunidade de inovação de forma mais consistente para estimular soluções fora da caixa", comentou o CEO.

O protótipo do canudo acoplado trouxe uma solução que utiliza um único material, reciclável e que não interfere na composição do produto. "Eles tiveram espírito empreendedor e, ao mesmo tempo, o prêmio do desafio será importante para fazer o negócio acontecer", comenta a diretora de Transformação Digital da Nestlé Brasil, Carolina Sevciuc. Além do investimento da Nestlé, o projeto vencedor será acelerado em parceria com a Fundação Dom Cabral.

"A tecnologia permite a conservação do líquido, com barreira contra microorganismos, a produção em escala e com variedade de embalagens", explicou Leonardo Holanda Lima, um dos idealizadores do projeto. "É uma grande emoção ganhar esse prêmio, porque reforça a necessidade de agregar conhecimentos para modificar o cenário de sustentabilidade no Brasil e provocar uma mudança de consciência das pessoas", complementa Ana Ivna.

A escolha do melhor projeto

O desafio HENRi@Nestlé contou com 72 projetos inscritos e, desse universo, cerca de 90% foram de empreendedores brasileiros. "O ambiente criativo e de inovação está em ascensão no Brasil e os números do nosso desafio mostram que há um estímulo contínuo em busca de um mindset de transformação e dinamismo", avalia Carolina Sevciuc.

Por meio de desafios como o dos canudos plásticos, a Nestlé busca alcançar o máximo possível de pessoas em todo o mundo, a partir da busca por soluções para vários desafios de negócio, que passam por inovação de produtos, sustentabilidade, saúde, nutrição, entre outros temas. A companhia está aberta a soluções que podem envolver novos tipos de embalagens, incentivo a mudanças de comportamento do brasileiro em relação ao uso dos canudos de plástico, ou até mudanças na cadeia de suprimentos.

De acordo com a organização Ocean Conservancy, canudos de plástico são o sétimo item mais coletado nas areias das praias em todo o mundo e, na maioria das vezes, deslocam-se da areia para o mar, poluindo a água e prejudicando a fauna marinha. "Essa é uma questão de grande importância para a Nestlé. Reconhecemos que os canudos de plástico se tornaram um desafio global e estamos preparados para tomar medidas decisivas para ajudar a resolvê-lo. Com a plataforma, conseguiremos fazer isso de uma forma muito mais ágil e aberta a muitas formas de repensar esta questão", explica Sevciuc.

Compromisso pela sustentabilidade da Nestlé

Na abertura do evento, a diretora de Bebidas da Nestlé, Fabiana Fairbanks, lembrou que a proposta da plataforma faz parte de um projeto que a companhia iniciou em fevereiro, em três grandes frentes, com foco na questão dos canudos:

A parceria de NESCAU com o Projeto Tamar – um dos principais projetos socioambientais do Brasil – na campanha #JogaJunto, por meio de apoio financeiro ao projeto e a criação conjunta de campanhas de conscientização sobre a preservação do meio ambiente. Também com NESCAU, a Nestlé lançou os packs de NESCAU Prontinho com canudos de papel.Em outra frente, a Nestlé Brasil apoia e estimula a cadeia de reciclagem, com a participação em iniciativas com o CEMPRE (Compromisso Empresarial pela Reciclagem) e o Reciclar pelo Brasil, ambos envolvendo a indústria na busca por soluções ao tema.O prêmio HENRi@Nestlé completa essa cadeia positiva no estímulo a propostas e ideias para a questão dos canudos junto a empreendedores e startups.

HENRi@Nestlé e transformação digital

Criada pela empresa em 2016, na Suíça, a plataforma HENRi@Nestlé é um espaço aberto pela companhia para receber ideias que combinem o espírito inovador e a agilidade das startups à experiência da empresa em projetos altamente escalonáveis que resultem em ações que façam a diferença para a Nestlé e para a sociedade. Desde o lançamento, a plataforma – que leva o nome do fundador da empresa, Henri Nestlé – lançou globalmente 14 desafios, que receberam mais de 450 inscrições vindos dos cinco continentes, o que levou a parcerias com vários empreendedores para o lançamento de soluções e serviços. Os projetos podem ser conhecidos na plataforma.

Sobre a Nestlé

É a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo. Está presente em 189 países e seus 328 mil colaboradores estão comprometidos com o propósito da Nestlé de melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável. A Nestlé oferece um amplo portfólio de produtos e serviços para cada etapa de vida das pessoas e de seus animais de estimação. Suas mais de 2.000 marcas variam dos ícones globais como Nescafé ou Nespresso aos favoritos locais como Ninho. O desempenho da empresa é impulsionado por sua estratégia de Nutrição, Saúde e Bem-Estar. Sua Sede fica na cidade suíça de Vevey, onde foi fundada há mais de 150 anos. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça. A empresa tem unidades industriais nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 30 mil colaboradores diretos e gera outros 200 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens. A Nestlé está presente em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel.