NESTLÉ COCOA PLAN OFERECE CACAU MAIS SUSTENTÁVEL

Vevey, 25 de outubro de 2012 O Nestlé Cocoa Plan, que foi expandido neste ano de forma a aumentar a oferta sustentável de cacau de qualidade e o número de produtores de cacau e as comunidades que beneficiam da iniciativa, proporcionou uma produção recorde de de cacau. No período de colheita compreendido entre outubro 2011 e setembro de 2012, um total de 38 mil toneladas de cacau de boa qualidade foram provenientes de culturas sustentáveis de agricultores integrados ao Nestlé Cocoa Plan em todo o mundo, o que significa um aumento de 20% face ao período de colheita anterior.

O programa de ajuda aos agricultores e suas comunidades oferece capacitação com o objetivo de proporcionar maior rentabilidade de suas plantações e, a longo prazo, melhoria de sua segurança econômica.

A Nestlé esta trabalhando em estreita colaboração com todos os envolvidos nas etapas da cadeia de abastecimento do Nestlé Cocoa Plan, com o intuito de assegurar um fluxo sustentável de cacau de qualidade.

Até 2013, a empresa pretende que até 15% de seu abastecimento mundial de cacau seja proveniente de agricultores inseridos no Nestlé Cocoa Plan.

Apoio aos agricultores

Pela primeira vez a empresa distribuiu aos agricultores mais de 1 milhão de mudas de cacau aos agricultores no período de setembro de 2011 à setembro de 2012.

Globalmente a Nestlé já formou, este ano, mais de 21 mil agricultores, um décimo a mais do que em 2011. Isto inclui mais de 9.900 agricultores da Costa do Marfim. Até 2015, a Nestlé tem como objetivo formar mais 24 mil agricultores naquele país e entregar mais três milhões de mudas de cacau.

Novas Escolas

Como parte do plano, a empresa fez uma parceria com a World Cocoa Foundation na Costa do Marfim para a construção ou remodelação de 40 escolas em quatro anos. Além disso, o plano também irá voltar-se para a formação de professores, a alfabetização de adultos e programas de sensibilização sobre o trabalho infantil.

Para a Nestlé, a educação é parte vital na construção de uma cadeia sustentável, que significa apoiar as comunidades em que está presente.

Uma nova escola Nestlé Cocoa Plan foi inaugurada em Kranzadougou, uma aldeia em Coopahk, na região de Duékoué Moyen-Cavally, na Costa do Marfim.

Mais nove escolas World Cocoa Foundation financiadas pela Nestlé serão inauguradas ainda em outubro de 2012.

Examinando o fornecimento

Além da intensificação do Nestlé Cocoa Plan, a empresa trabalha com a Fair Labor Association (FLA) com o objetivo de garantir o fluxo de cacau sustentável na Costa do Marfim.

No início deste ano, a Nestlé e seus parceiros anunciaram que iriam envolver as comunidades no país em esforço comum para impedir a utilização do trabalho infantil em áreas de cultivo do cacau, sensibilizando e treinando as pessoas para identificarem crianças em risco e assim intervirem onde existir o problema. (mais informações no link prevent the use of child labour)

A Nestlé elaborou um plano de ação, a partir de um relatório sobre sua cadeia de fornecimento de cacau na Costa do Marfim, elaborado pela FLA neste ano. Neste plano, foram priorizadas as medidas necessárias para combater o trabalho infantil, incluindo o desenvolvimento de material ilustrado para os fornecedores Nestlé.

Este material está quase concluído e será distribuído a 25 mil agricultores na Costa do Marfim.

Monitoramento e reparação

A Nestlé continua trabalhando com fornecedores, parceiros e outros organismos de certificação de forma a assegurar que aqueles que estiverem em sua cadeia de fornecimento de cacau recebam as melhores infromações e treinamento sobre trabalho infantil.

A Nestlé e a International Cocoa Initiative, uma fundação que trabalha com a indústria do cacau, a sociedade civil e os sindicatos, definiram um novo sistema de "monitoramento e reparação", a ser testado em 40 comunidades cobertas por duas cooperativas de fazendas de cacau na Costa do Marfim.

O sistema está atualmente em curso e será estendido aos agricultores e às suas comunidades. A empresa também organizou suas primeiras sessões de treinamento sobre trabalho infantil a cerca de 115 funcionários de fornecedores e a 75 colaboradores Nestlé. Transparência

A Nestlé está comprometida com a transparência em todo o processo ao longo deste plano de ação.

As partes interessadas – a Nestlé e a FLA – irão promover um encontro em Abidjan, na Costa do Marfim, antes do final do ano, que irá dar enfoque à introdução de novas melhorias neste plano e à ampliação da base de monitoramento e reparação. O site Nestlé Cocoa Plan, que detalha o trabalho da empresa com os agricultores e parceiros, já se encontra disponível em cinco idiomas.

Transparência

A Nestlé está comprometida com a transparência em todo o processo ao longo deste plano de ação.

As partes interessadas – a Nestlé e a FLA – irão promover um encontro em Abidjan, na Costa do Marfim, antes do final do ano, que irá dar enfoque à introdução de novas melhorias neste plano e à ampliação da base de monitoramento e reparação.

O site Nestlé Cocoa Plan, que detalha o trabalho da empresa com os agricultores e parceiros, já se encontra disponível em cinco idiomas.