Parceria arrecada alimentos para o Amazonas

Voltar

Doações foram feitas pela Nestlé e transportadas pela Gardênia Express e LATAM Cargo. As empresas são parceiras do Mesa Brasil.

Logo da Nestlé, contendo desenho de um ninho com pássaros e a palavra Nestlé. Embaixo, está escrito: Faz bem.

Diante do agravamento da crise enfrentada pelo Amazonas, devido à pandemia de Covid-19, o Sesc se juntou a outras empresas, em uma ação solidária em prol do estado: o Juntos pelo Amazonas. Com intensa articulação do Departamento Regional Minas Gerais, por meio do programa Mesa Brasil Sesc, foram arrecadadas mais de cinco toneladas de alimentos para serem doadas a instituições filantrópicas de todo o estado.

 

Os alimentos foram doados ao Mesa Brasil pela Nestlé, parceira do Sesc em Minas nessa ação. Com a ajuda de outras duas empresas parceiras, a Gardênia Express e a LATAM Cargo, as doações chegaram ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e foram transportadas até Manaus.

Os alimentos foram doados ao Mesa Brasil pela Nestlé, parceira do Sesc em Minas nessa ação. Com a ajuda de outras duas empresas parceiras, a Gardênia Express e a LATAM Cargo, as doações chegaram ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e foram transportadas até Manaus.

“A Nestlé está presente em 99% dos lares brasileiros e tem um importante papel social com a população, de forma a retribuir à sociedade a confiança e o respeito dos nossos consumidores. Principalmente neste momento tão difícil para o Amazonas, queremos reforçar nosso compromisso com as pessoas e com o bem-estar da sociedade, garantindo acesso a alimentos e levando apoio e uma forma de ajuda à população”, diz Barbara Sapunar, diretora de Sustentabilidade e Comunicação da Nestlé Brasil.

Os alimentos chegaram à capital do Amazonas no dia 27 de fevereiro e foram entregues a instituições filantrópicas que atuam em áreas de vulnerabilidade em todo o estado. Estima-se que a corrente de solidariedade puxada pelo Sesc em Minas beneficiará mais de 3 mil pessoas.

“Para o Mesa Brasil do Sesc em Minas, é muito gratificante poder apoiar o Amazonas nesse momento tão delicado, vivenciado pelos moradores de Manaus. Estamos entregando essas doações em forma de solidariedade e na torcida para que esse momento passe logo e que venham dias melhores para o Amazonas e para todos nós”, afirma Adamilton Caldeira Silva, analista de serviços sociais do Sesc em Minas.

O transporte aéreo da LATAM Cargo foi viabilizado pelo programa Avião Solidário, do Grupo LATAM Airlines, que há 9 anos beneficia a América Latina. Em meio a pandemia de Covid-19, tem dado suporte com o transporte gratuito de profissionais de saúde, pacientes que precisam de tratamento médico, de órgãos, tecidos, células-tronco, equipamentos, suprimentos médicos e vacinas. “Seguimos atentos à necessidade de ajudar a quem mais precisa. Nossa conectividade e capacidade de transportar passageiros e cargas nos habilita a contribuir e participar de ações solidárias como essas”, afirma o diretor da LATAM Cargo Brasil, Otávio Meneguette.

Temos um imenso orgulho em fazer parte do Projeto Mesa Brasil. É gratificante poder colaborar com um projeto que busca ajudar pessoas carentes, principalmente neste momento de pandemia. Gostaria que outros empresários seguissem o nosso exemplo e abraçassem esta causa. Agradeço e parabenizo o Sesc, pois só através do amor e da caridade que conseguiremos construir um mundo melhor”, diz o diretor-presidente da Expresso Gardênia, Antonio Afonso da Silva.

SOBRE O MESA BRASIL SESC

O Mesa Brasil Sesc é um programa de segurança alimentar e nutricional, composto por ações educativas e de distribuição de alimentos excedentes ou fora dos padrões de comercialização, mas que ainda podem ser consumidos. Ou seja, ele busca o que sobra em empresas parceiras, depois entrega onde falta. De um lado, contribui para a diminuição do desperdício e, de outro, reduz a condição de insegurança alimentar de crianças, jovens, adultos e idosos.

Clique aqui e saiba mais sobre o trabalho do Mesa Brasil Sesc em Minas Gerais.

SOBRE O JUNTOS PELO AMAZONAS

A força-tarefa Juntos pelo Amazonas reúne grandes empresas e entidades do Brasil para realizar uma ação solidária, com o objetivo de apoiar a região do Amazonas durante a pandemia. O grupo é responsável por doar R$ 1,6 milhão ao programa Unidos Contra a Covid-19, da Fiocruz. O valor é referente a uma usina de produção de oxigênio, que dará suporte aos hospitais públicos da região.

Além do Sesc, integram a força-tarefa instituições como Ambev, Coca-Cola, Magazine Luiza, Mercado Livre, Nestlé, Petrobras, BNP Paribas, BRF, Unidos Mais, Eletros, Sul América, WEG, Whirlpoolcorp, XP Inc. e Yamaha.