Vendas da Nestlé dos últimos nove meses: 4,2% de crescimento orgânico, 2,0% de crescimento real

Detalhes completos para a conferência pode ser encontrado na página de eventos. O webcast da conferência de vendas (em inglês, francês e alemão) está disponível on-demand.

• Vendas de CHF 64,9 bilhões,
• 4,2% de crescimento orgânico, 2,0% de crescimento real
• Crescimento orgânico de 2,2% nos mercados desenvolvidos, 6,8% nos mercados emergentes
• Perspectiva de 2015: crescimento orgânico em torno de 4,5% com melhoria nas margens e ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante, além de eficiência de capital.

Paul Bulcke, CEO da Nestlé: “Após um bom desempenho no primeiro semestre do ano, fomos impactados neste terceiro trimestre por eventos excepcionais: o Macarrão Instantâneo Maggi na Índia e um ajuste nos descontos na Nestlé Skin Health. Ainda assim, nosso crescimento real aumentou, refletindo um impulso positivo de base ampla em todo o nosso negócio e em muitos de nossos mercados. A Europa, Nestlé Waters e Nestlé Health Science continuaram a apresentar desempenhos sólidos. Fizemos bom progresso em grande parte da América Latina e apresentamos progresso significativo na América do Norte, especialmente no segmento de alimentos congelados, em contraste com a recuperação mais lenta das vendas na China. No total, o crescimento orgânico cresceu um pouco abaixo de nossas expectativas, e, portanto, projetamos um crescimento orgânico de cerca de 4,5% para o ano, com melhoria nas margens e ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante, além de eficiência de capital”.

Resultados do Grupo

Nos primeiros nove meses de 2015, o crescimento orgânico foi de 4,2%, composto por 2,0% de crescimento real e 2,2% de política de preços. As vendas totais de CHF 64,9 bilhões foram impactadas pelo câmbio (-6,7%). As aquisições, livres de desinvestimentos, acrescentaram 0,4% às vendas.

Continuamos a crescer em nossas três geografias, com crescimento orgânico de 6,2% nas Américas (AMS), 4,0% na Europa, Oriente Médio e Norte da África (EMENA) e 1,1% na Ásia, Oceania e África Subsaariana (AOA).

Zona AMS

Vendas de CHF 18,5 bilhões, 5,8% de crescimento orgânico, 1,2% de crescimento real

• O crescimento na Zona acelerou, liderado pelas melhorias no negócio de alimentos congelados nos Estados Unidos e pelo bom impulso contínuo no México. Nescafé Dolce Gusto, café solúvel, confeitos e petcare foram os principais líderes de crescimento.

• Na América do Norte o relançamento e reposicionamento de Lean Cuisine e Stouffer’s ganharam mais tração. As novas linhas Lean Cuisine Market Place e Stouffer’s Fit Kitchen apresentam crescimento há vários meses, tomando a dianteira do mercado e liderando a recuperação da categoria de refeições congeladas. Pizza ganhou impulso e, no segmento de sorvetes, Häagen-Dazs e Outshine entregaram um crescimento sólido com seus novos produtos. Ambos os formatos líquido e em pó de Coffee-mate apresentaram um crescimento sólido. Petcare continuou crescer solidamente com Purina One e Brightminds no segmento de alimentos para cães super premium e de areia sanitária para gatos. O caso Beneful continuou a ter impacto.

• Na América Latina, tendo em vista as incertezas econômicas, o Brasil foi resiliente, com contribuições no segmento de café solúvel, Nescafé Dolce Gusto e KitKat. O impulso de crescimento acelerado do México foi liderado pelo café solúvel e por Nescafé Dolce Gusto, Coffee-mate, confeitos e produtos lácteos de prateleira. Outros destaques foram os desempenhos no Chile, Equador, Colômbia e na Região Platina. Petcare continuou a ser um líder de crescimento, ajudado pelo aumento da capacidade da fábrica na Argentina e por uma nova fábrica de alimentos para cães no México.

Zona EMENA

Vendas de CHF 12 bilhões, 4,1% de crescimento orgânico, 2,5% de crescimento real

• O impulso de crescimento positivo acelerado da Zona foi liderado por petcare, café solúvel, Nescafé Dolce Gusto e sorvetes.

• Na Europa Ocidental, Nescafé Dolce Gusto e petcare continuaram a liderar o crescimento, ajudando a entregar um sólido desempenho na região da Grã-Bretanha e crescimento na França. Pizza congelada e café solúvel também contribuíram. Os sorvetes foram bem em mercados maduros. O crescimento do negócio de petcare foi bem distribuído entre os principais mercados europeus com Felix e Gourmet na liderança.

• A Europa Central e Oriental apresentou bom crescimento, especialmente na Rússia e Ucrânia. Chocolate, café solúvel e petcare lideraram o crescimento na Rússia, e a política de preços também contribuiu.

• Na região do Oriente Médio e Norte da África, café solúvel e confeitos ajudaram a entregar um bom crescimento em vários mercados, compensando parcialmente a situação difícil no Iraque, Iêmen, Líbia e outros. Os custos mais baixos dos insumos para os produtos lácteos em toda a região resultaram em uma política de preços negativa.

Zona AOA

Vendas de CHF 10,5 bilhões, -0,5% de crescimento orgânico, -1,4% de crescimento real

• O impacto material da retirada do Macarrão Instantâneo Maggi na Índia e a situação na China, onde a recuperação está mais lenta do que o esperado, continuaram a afetar de forma significativa o crescimento na Zona, ofuscando desempenhos melhores em outros mercados emergentes e o crescimento sólido dos mercados desenvolvidos.

• Nos mercados emergentes, a perda das vendas do Macarrão Instantâneo Maggi continuou a ter impacto significativo no crescimento da Região Sul da Ásia. O Tribunal Superior de Mumbai (Bombay High Court) proferiu uma decisão favorável à Nestlé Índia, que está ativamente engajada com as autoridades para recolocar o produto nas prateleiras. Na China, continuamos a melhorar os fundamentos do negócio na Yinlu, ao mesmo tempo em que observamos os desempenhos sólidos do Nescafé café solúvel e pronto para beber, e também dos confeitos Hsu Fu Chi. No mais, Vietnã e Indonésia ficaram entre os destaques. A África Subsaariana continuou a gerar crescimento à frente do mercado com o negócio acelerando fortemente na região da África Ocidental e Central, apesar da queda das receitas do petróleo. A África do Sul também teve bom desempenho.

• Nos mercados desenvolvidos, o Japão continuou a ter bom desempenho graças às inovações em KitKat e Nescafé. A Oceania também conseguiu bom impulso em um ambiente comercial intensamente competitivo.

Nestlé Waters

Vendas de CHF 5,9 bilhões, 6,8% de crescimento orgânico, 7,0% de crescimento real • Nestlé Waters manteve seu bom impulso de crescimento, continuando a capitalizar a crescente demanda por bebidas saudáveis. Os mercados emergentes tiverem forte desempenho, com o Oriente Médio, África, Turquia e México apresentando um crescimento de dois dígitos. Os mercados desenvolvidos entregaram um crescimento sólido, com a América do Norte, Espanha, Itália, Reino Unido e França entre os destaques. O crescimento da Nestlé Pure Life acelerou, e nossas marcas internacionais premium, Perrier e S.Pellegrino, entregaram um bom crescimento. As marcas locais também continuaram a ter bom desempenho, com Buxton no Reino Unido, Poland Springs nos Estados Unidos e Santa Maria no México dando contribuições positivas.

Nestlé Nutrition

Vendas de CHF 7,8 bilhões, 3,4% de crescimento orgânico, 1,4% de crescimento real

• Nestlé Nutrition enfrentou uma dura comparação com o mesmo período do ano passado e observou um crescimento mais lento no Oriente Médio e na América Latina. Na Ásia, contudo, Wyeth Nutrition e sua marca premium Illuma tiveram bom desempenho e a plataforma de e-commerce na China expandiu. Na América Latina, o México continuou a entregar forte crescimento em todas as categorias, lideradas por inovações em nossas marcas NAN, Nido e Gerber. Os cereais infantis apresentaram bom crescimento, liderados pelos Estados Unidos e Europa, onde Rússia e Polônia foram os destaques. O segmento de refeições e bebidas em sachês foi bem.

Outros negócios

Vendas de CHF 10,1 bilhões, 5,5% de crescimento orgânico, 4,4% de crescimento real

• O crescimento da Nestlé Professional acelerou, liderado pelos mercados emergentes, com fortes desempenhos no Oriente Médio, Turquia, Indochina, Região Sul da Ásia, Indonésia e América Latina. A Rússia liderou o impulso positivo de crescimento na Europa Oriental, compensando o ambiente comercial mais lento na Europa Ocidental e América do Norte. O negócio de soluções de café liderou o crescimento nas bebidas. As soluções em condimentos foram o destaque no negócio de alimentos.

• A Nespresso cresceu de acordo com as expectativas, com investimentos em inovação sustentando o crescimento em seus mercados já estabelecidos na Europa e em mercados mais novos em outros lugares. Novas máquinas e serviços, o lançamento de novos conceitos de varejo e a ampliação de sua linha de cafés Grand Cru continuou a ser bem recebida pelos consumidores.

• A Nestlé Health Science entregou um crescimento de base ampla, com desempenhos fortes na Europa e AOA. Em Consumer Care, o crescimento foi liderado por Boost e Carnation Breakfast Essentials nos Estados Unidos, Meritene na Europa e Nutren no Brasil. O portfólio de antialérgicos entregou bom crescimento em todas as principais geografias para a área de Nutrição e Saúde. O desenvolvimento contínuo da linha de produtos Vitaflo também contribuiu. Os diagnósticos sustentaram o crescimento na Novel Therapeutic Nutrition, enquanto a concorrência dos genéricos no segmento gastrointestinal impactou o Lotronex.

• Decidiu-se que a Nestlé Health Skin adotará uma abordagem mais conservadora em sua política de descontos de medicamentos vendidos sob receita médica nos Estados Unidos, o que exigiu um lançamento extraordinário no terceiro trimestre. O impulso de crescimento subjacente do negócio não foi afetado, com contínuas inovações e desenvolvimentos de produto liderando as vendas em todos os negócios no mundo.

Anúncio de Outubro

No início deste mês, a Nestlé anunciou que está em discussões adiantadas com R&R, uma empresa líder no segmento de sorvetes, para a criação de uma joint venture na qual a Nestlé contribuiria com seus negócios de sorvetes na Europa e em quatro outros países e com seu negócio de alimentos congelados na Europa, exceto pizza. A joint venture proposta une as forças complementares de cada empresa e cria uma empresa líder no segmento de sorvetes.

Perspectiva

Projetamos, para este ano, um crescimento orgânico de cerca de 4,5%, com melhoria nas margens e ganhos subjacentes por ação nas moedas de valor constante, além de eficiência de capital.